fbpx Skip to content

Panorama do Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil

transporte rodoviário de cargas no brasil

Panorama do Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil

O transporte rodoviário de cargas no Brasil representa mais de 77% de todo o  transporte por rodovias. Além disso, o número de empresas no setor só tem crescido ano após ano.

Isso demonstra o alto interesse que o ramo desperta no mercado, afinal, se a indústria cresce, a necessidade de transportar produtos cresce junto.

Então, vamos adentrar o panorama do transporte rodoviário de cargas no Brasil e entender seus desafios e oportunidades

Principais desafios no transporte rodoviário de cargas no Brasil

1. Limitações da malha viária

No Brasil, cerca de 60% do transporte de cargas é realizado por meio de rodovias. Essa estrutura se dá por um processo histórico e mostra a relevância dos agentes esse segmento para o país.

Apesar disso, as condições da malha viária apresentam muitas limitações, como buracos, falta de acostamento, de sinalização e até mesmo de asfalto. Essa precariedade pode ser observada especialmente nas estradas mais afastadas dos grande centros industriais, dificultando o serviço das transportadoras.

2. Problemas com segurança

Infelizmente, o roubo de cargas e caminhões é tema comum no Brasil, tornando-se uma preocupação constante das transportadoras. O risco da operação é muito grande, o que eleva os custos com segurança e a cautela nas entregas.

Atenção redobrada e mecanismos de segurança são essenciais na operação.

3. Desequilíbrio nas cargas de retorno

Com mais de 50% do PIB brasileiro concentrado na Região Sudeste, torna-se muito difícil equilibrar o fluxo de carga nas viagens de ida e volta, especialmente considerando a vastidão do território brasileiro. Isso prejudica a diluição de custos das viagens.

4. Recesso econômico

O transporte reflete o que acontece na economia brasileira. Com a desaceleração econômica, o setor do transporte segue a mesma tendência. Afinal, transporta-se aquilo que é produzido.

Portanto, o consumidor é quem fomenta o crescimento econômico. Quando a população não consome, a indústria produz menos e, consequentemente, a demanda por serviços de transporte cai.

5. Grande concorrência no setor

Somado à queda na demanda, temos um cenário com grande concorrência. Em sua Pesquisa Anual de Serviços de 2019, o IBGE indica a existência de quase 120.000 empresas de transporte rodoviário de cargas no Brasil.

Com tantas opções, o serviço de transporte passa por um processo de “comoditização”, ou seja, a maioria dos clientes escolhe o serviço somente pelo preço.

6. Falta de mão de obra qualificada

Concorrendo com tantas empresas, é importante se destacar. Mas essa é tarefa difícil sem ter mão de obra qualificada. Para atingir bons resultados uma empresa precisa de pessoas de confiança e eficientes em todas as frentes. 

Desde a gestão, com profissionais capazes de implementar novas tecnologias, até no dia a dia da operação, com motoristas competentes que se adaptem às necessidades da companhia. Daí vem a importância de uma boa gestão de pessoas.

Oportunidades para negócios

Em frente a tantos desafios, quem enxerga as oportunidades ganha vantagem nessa corrida com tantos competidores. É a sua oportunidade de sair na frente. Veja só!

1. E-commerce

Fazer compras pela internet é uma prática que vem crescendo exponencialmente, especialmente agora com os efeitos da pandemia. Esse movimento de mercado impacta diretamente na demanda pelo transporte rodoviário de cargas.

Essa é uma oportunidade para as transportadoras que passarem a focar nesse setor, oferecendo serviços de qualidade, com uma estratégia focada em logística e inteligência de custos.

2. Transporte colaborativo

Apostar no transporte colaborativo é uma solução para quem deseja aproveitar toda a capacidade dos veículos e também economizar no combustível.

Nessa estratégia, empresas parceiras colaboram umas com as outras para reduzir custos com as frotas, fortalecer suas marcas e manter uma alta qualidade nos serviços.

Além do compartilhamento de espaço, as empresas podem aproveitar a parceria para criar uma maior inteligência de dados e gerar novas oportunidades de negócio. 

Organização e comunicação são fundamentais para que essa prática tenha sucesso.

3. Diferenciação de serviço

Nesse mercado de oceano vermelho, ou seja, de competição acirrada, em que concorrentes disputam intensamente realizando ações similares, você precisa se diferenciar.

Diferenciação neste setor significa eficiência, segurança da mercadoria, entregas no prazo e comunicação constante. Quanto mais você reduzir seus custos, mas, é claro, sem perder qualidade, mais chances tem de fidelizar seus clientes e alcançar o sucesso.

4. Implementação de ferramentas digitais

O uso da tecnologia é essencial na otimização de processos e recursos de uma transportadora.

Sistemas de gestão, de rastreamento e de comunicação tornaram-se ferramentas imprescindíveis para empresas que buscam eficiência, segurança, agilidade e, principalmente, oferecer um serviço de qualidade a seus clientes.

Um sistema de monitoramento de preços de combustível, por exemplo, é um diferencial para quem precisa reduzir custos e com isso colocar a empresa à frente do mercado, já que a conta do combustível representa grande parte dos custos da operação.

Por fim, a partir desse panorama do transporte rodoviário de cargas no Brasil, cada empreendedor deve analisar quais destes desafios mais afetam seu negócio e quais são as oportunidades que se comunicam com sua estratégia. Assim, você estará pronto para atacar os pontos de maior impacto.

Agora conte aqui nos comentários: o que mais atrapalha as empresas de transporte no Brasil?

Posts relacionados

Seja o primeiro a comentar!


Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *