Os custos de transportadoras são inúmeros! Se você tem se perguntado se os gastos da sua empresa estão adequados e se é possível reduzi-los, então está no caminho certo. O primeiro passo é olhar para essas contas com atenção.

Especialmente em momentos de crise, as empresas sofrem com uma redução significativa do faturamento, porém os custos não se reduzem na mesma proporção. Nesse momento, o gestor precisa ser ágil e assertivo para tomar as melhores decisões e salvar seu fluxo de caixa.

Confira agora como otimizar os custos da sua empresa e trazer mais estabilidade para seu caixa!

Custos fixos e custos variáveis

Para começar, vamos esclarecer o que são custos fixos e custos variáveis de uma transportadora. Custos fixos são valores que não se alteram mesmo com oscilações na operação, como salários, seguros, sistemas de gestão, rastreadores, licenciamento de veículos, impostos, etc.

Já os custos variáveis são aqueles que acompanham o volume das operações, por exemplo, combustíveis, lubrificantes, pneus, multas, pedágios, taxas de gerenciamento de risco, fornecedores, manutenção, etc.

Como reduzir custos de uma transportadora?

Quando falamos em redução de custos, os administradores se animam imediatamente! Mas não podemos nunca esquecer que cortes excessivos podem comprometer a qualidade do serviço e assim prejudicar drasticamente o negócio.

Em toda empresa existe um dilema entre competitividade e estabilidade, ou seja, para que sua transportadora seja mais competitiva, o ideal é investir e se diferenciar, mas também há sempre uma contenção de gastos em busca de uma estabilidade e longevidade do negócio. É papel do gestor encontrar o equilíbrio e identificar quando é o momento certo de investir ou de economizar.

Então o que fazer para reduzir custos de uma forma sustentável e inteligente?

Faça um bom fluxo de caixa

Um bom fluxo de caixa é fundamental para qualquer negócio. Uma transportadora, independentemente do tamanho e segmento, também precisa se preocupar com a gestão financeira. Se você não tem dado atenção suficiente a este aspecto ou ainda tem alguma dúvida, agora é a hora de tirar esses empecilhos do caminho!

O fluxo de caixa nada mais é do que o registro minucioso de tudo que entra e tudo que sai do caixa da transportadora, incluindo dinheiro físico, cartões e contas bancárias.

Ele pode ser feito em papel, planilhas ou sistemas automatizados e seu maior benefício é dar visibilidade e controle ao gestor das contas da empresa. Com o fluxo de caixa, você consegue organizar as datas de pagamentos e recebimentos para nunca ficar no vermelho. Além disso, pode identificar quais são os maiores custos da empresa e realocar os valores conforme as necessidades, facilitando a decisão de onde economizar.

O importante é não esquecer de fazer os registros no fluxo de caixa. Tendo tudo documentado, basta realizar análises periódicas ou quando for necessário.

Monitore os custos

Com o fluxo de caixa em ordem, você terá uma visão clara dos principais custos da transportadora. Com isso, faça um monitoramento constante das contas para as quais o orçamento tem sido destinado, e assim, crie as condições adequadas para decidir como economizar.

Nesse momento, sempre surge a dúvida: o que atacar? É sempre difícil decidir onde reduzir os investimentos, afinal cada área tem sua devida importância. A dica é olhar para as grandes contas e ver se é possível renegociar com fornecedores, encontrar alternativas mais em conta de produtos, reduzir o ritmo de crescimento e focar no seu principal valor para seus clientes, ou seja, fazer sua atividade principal bem feita e deixar planos secundários para outro momento.

Cortar despesas com consciência é essencial, afinal, você precisa manter-se competitivo no mercado após os momentos de crise.

Inteligência no momento das compras

Melhorar suas condições de compra de combustível pode ser um dos caminhos para a economia.

Segundo a Federação das Empresas de Transporte de Carga do Estado do Paraná (FETRANSPAR), mais de 40% do valor do frete está ligado ao custo do combustível. Portanto otimizar seu processo de compras de combustível é fundamental para as finanças da transportadora.

Uma forma de economizar é tendo transparência de quanto é custo e quanto é margem de lucro no preço que você paga no diesel. Assim, você tem fundamentos em dados para negociar com seus fornecedores e fazer uma compra com economia. Um sistema de inteligência de preços e custos de combustível é a ferramenta ideal nesta situação.

Veja AQUI como a CombuData pode te ajudar a ter transparência e controle nas suas compras de combustível.

Tome decisões ágeis

O mercado sempre passa por mudanças, crises e nem sempre tudo está no controle do empreendedor. Mas isso não pode ser o fator determinante de sucesso do seu negócio. Tomar decisões ágeis, mas com equilíbrio para não ter reações exageradas, é a chave para guiar o desempenho de sua empresa.

Um gestor pronto para tomar decisões, que se apoia em informações de qualidade e no auxílio que a tecnologia oferece para a gestão, consegue manter os custos da transportadora sob controle e melhorar continuamente a saúde financeira do seu negócio.

Quer ter este conteúdo sempre à mão? Baixe o conteúdo em PDF gratuitamente e aproveite!

eBook gratuito: Principais custos de uma transportadora e como reduzi-los

Posts relacionados

Comentários


Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *